Adesivo Ambar - FGM
Adesivo Ambar - FGM

Adesivo Ambar - FGM

Cód. ★★★★★ (0)
R$ 69,80 (5% no boleto) ou até 6x de R$ 11,63 sem juros

3 em estoque

Avaliação do cliente

Tensiômetro / Dinamômetro Ortodôntico - Morelli

★ ★ ★ ★ ★
Sim
Não

Descrição:

Detalhes * Adesivo monocomponente. * Combinação de primer e bond no mesmo frasco, simplificando as etapas. * Sistema com solventes e monômeros balanceados que conferem elevada afinidade pela superfície da dentina úmida e desmineralizada, contribuindo para a penetração adequada do adesivo e formação de uma boa camada híbrida, resultando assim em elevada força adesiva e qualidade de adesão. * Solvente à base de Etanol. * Não é necessário agitar o frasco antes do uso. * BPA Free: Garantindo segurança e saúde. * Baixo índice de sorção e solubilidade. * Baixa incidência de hipersensibilidade. * Ingredientes ativos: MDP (10-metacriloiloxidecil dihidrogenofosfato), monômeros metacrilatos, fotoiniciadores, co-iniciadores e estabilizantes. * Ingredientes inativos: Carga inerte (nanopartículas de sílica) e veículo (etanol). * Longevidade clínica comprovada: 94,2% de retenção após 18 meses. * Registro ANVISA: 80172310045. Aplicação O Adesivo Ambar da FGM é um adesivo fotopolimerizável para esmalte e dentina com apresentação convencional em dois passos, sendo primer e bond no mesmo frasco. Sua composição conta com o monômero MDP (Metacriloiloxidecil Di-hidrogênio Fosfato) que faz ligação química com a estrutura dental, somada à adesão mecânica e resulta em uma resistência adesiva superior. Além da presença de nanopartículas de sílica tratada, que conferem maior estabilidade e resistência ao filme adesivo. Se destaca pela qualidade de polimerização, onde suas características químicas garantem qualidade superior, mesmo em ambiente com alta umidade e, consequentemente, maior longevidade do filme adesivo. Principais Indicações - Todas as classes de restaurações diretas com compósitos (classes I, II, III, IV e V) e cimentos ionoméricos fotopolimerizáveis; - Cimentação adesiva (em conjunto com cimento resinoso) de peças protéticas (pinos intracanais/núcleos, coroas, onlays/inlays e facetas) em fibra de vidro, cerômero, cerâmica, resina e metal; - Reparos adesivos em cerâmica e compósitos. Passo a Passo 1. A superfície a ser restaurada deve ser limpa e então condicionada com ácido fosfórico por 15 segundos (mesmo tempo para esmalte e dentina). É importante a obtenção de isolamento do dente, seja com isolamento absoluto ou com relativo eficiente (conforme o caso). 2. Lave a superfície com água em abundância e seque a cavidade até que esteja úmida, não desidratada. 3. Com o auxílio de um microaplicador Cavibrush da FGM, o adesivo é aplicado esfregando a primeira gota do produto por 10 segundos. Em seguida, nova camada de adesivo é aplicada na mesma superfície por mais 10 segundos. 4. Aplica-se então jato de ar por 10 segundos, o que contribui para evaporação do solvente e, consequentemente, para o aumento da adesão. 5. O adesivo deve ser fotopolimerizado por 10 segundos e então, procede-se a restauração. Obs: em aplicação intracanal do adesivo, o tempo de fotoativação deve ser estendido por 20 segundos.

Produtos relacionados para adicionar em sua lista

Vantagens únicas

Depoimentos Enviar depoimento
Fique por dentro de nossas novidades e receba nossos descontos especiais.